“Amai a Deus...”



Eu estava pensando numa coisa. Já é comum prometer pra Deus algumas coisas que na maioria das vezes não cumprimos. Ele mesmo alerta sobre isso. Talvez pelo calor do momento, talvez pela emoção ou até mesmo pela presença de Deus naquele momento que te impulsiona a mudar...

Fazemos promessas do tipo: nunca mais vou pecar nisso, nunca mais vou fazer aquilo, vou ser mais fiel!

Daí entendi uma coisa; que aquele mandamento "amai a Deus sobre todas as coisas" nunca foi tão profundo. Quando prometemos pra Deus é teu espírito e tua alma falando, porém esquecemos que temos carne. Amai a Deus sobre todas as coisas é mais difícil do que parece. É amar a Deus de toda sua alma, de todo seu entendimento, de todo seu ser. Ou seja, sua alma e seu espírito ama Deus mais que tudo porém a sua carne está o levando para o inferno. Por causa disso há muitos crentes que sentem até um pouco de paz na presença de Deus, porque até a carne gosta de estar na presença de Deus, mas quando sai daquele ambiente, o seu espírito não consegue conectar com o Espírito a não ser que sua carne esteja na mesma atmosfera de adoração.
Agora, pra mim, esse versículo nunca foi tão claro: o Espírito é forte mas a carne ainda é fraca. Por isso muitos crentes estão achando que estão a caminho do céu quando estão na direção oposta, pois não cumprem o mandamento "amai a Deus do te todas as coisas" na sua totalidade.

Mas a propria palavra já deu uma solução pra isso quando lemos "se o Filho vos libertar verdadeiramente sereis livres." É isso que a gente precisa. De uma libertação de Deus.

Comentários

Mais acessados da semana: