Entrevista: André Valadão

(Entrevista feita há dois anos, relembre conosco)



André Valadão é um dos cantores cristãos mais conhecidos do Brasil. Há 13 anos é pastor e há onze segue carreira solo na música. Vendeu mais de 3,5 milhões de CDs, mais de 430 mil DVDs e foi duas vezes indicado ao Grammy Latino. Já recebeu por 09 vezes o Troféu Talento, em 2011 foi eleito pelos internautas o campeão do Troféu Promessas como “melhor cantor do Brasil”.
O estilo jovial de André Valadão tem sido diferencial para alcançar pessoas por onde tem passado com muita alegria e irreverência.
Nascido em lar cristão, filho dos pastores Márcio e Renata Valadão, irmão de Ana Paula e Mariana Valadão, André cresceu envolvido com as atividades da família na igreja. Ainda na infância aceitou Jesus Cristo como Senhor e Salvador, já cantava, tocava piano e escrevia músicas. Passou a adolescência viajando pelo Brasil em projetos missionários e de evangelismo.
André Valadão, 36 anos, é pastor – voluntário – da Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte (MG). É apresentador do programa Fé, transmitido diariamente às 22h, pela Rede Super de Televisão, da Igreja Batista da Lagoinha. André Valadão é casado com Cassiane Montosa Valadão há 13 anos e pai dos garotinhos Lorenzo de 05 anos e Vitório, que nasceu no começo de 2015. E é com ele que vamos conversar agora, acompanhe!


BLM – André, você traz um jeito diferente ao transmitir a Palavra através da música, através de vídeos e através das redes sociais. Qual é a importância de levar ao público uma mensagem "jovem"?
A importância é total.  Precisamos ser intensos em cada momento da nossa vida. Cada estação da vida tem seu valor, seu tempo e sua relevância.

BLM - Você percebe resultados?
Percebo demais. Falo com milhões de pessoas por semana e isso me alegra e me motiva a cada dia também.

BLM - Além de conquistar o público jovem cristão, você também é querido até pelos jovens não-evangélicos. Eu mesmo já ouvi muitos deles dizendo que gostam de suas músicas. O que você sente ao ouvir testemunhos como esse? É uma conquista?

Sim é uma conquista. A música boa rompe barreiras, vai além de hoje até imaginamos. É muito forte e muito importante. Saber que podemos tocar a vida de pessoas com crenças diferentes e realidades de vida distintas é maravilhoso.

BLM – Há um tempo surgiu alguns nomes relacionados á quem é fã de tal celebridade. Isso começou com os cantores seculares e, agora, chegou aos cantores evangélicos. O que você tem a dizer sobre as pessoas que se autodenominam um “valadete”? O que você considera ser isso?

Não tenho dificuldade. São pessoas que se identificam muito com o que faço e isso tem seu lugar, sem tirar o principal de tudo, ter a Cristo como a verdade, a razão e motivo da nossa única adoração.

BLM - Sua carreira ministerial começou cedo: na infância já participava das atividades da igreja e passou a viajar em projetos missionários logo na adolescência. O que te motivou a fazer a obra desde cedo?
O exemplo dentro de casa. Vi que o evangelho verdadeiro é abençoador, puro e santo. Não quis me arriscar nos caminhos errados da vida, desde cedo escolhi a melhor parte.

BLM - Você, além de cantar, compõe músicas. No que você pensa ao escrever uma canção?
Penso em mim mesmo, componho vivendo lutas e vitórias que passo na vida. Somos todos iguais, e isso nos identifica como irmãos e sujeitos aos mesmos erros e falhas. 



BLM - Qual foi o CD que mais marcou sua carreira?
O CD Milagres, e o Fé.

BLM - Em uma entrevista você disse que o tradicionalismo na igreja está sendo substituído pela mensagem de fé. Você vê o tradicionalismo como algo ruim?
Vejo tradicionalismo como uma proteção e amor, e sei que isso tem que ter um limite pois a obra é de Deus e não do homem.

BLM - O que você acha da situação atual da música gospel? Na sua opinião esse movimento pode ou está a cair no modismo?
Está crescendo e não é modismo não. É verdade e vai crescer mais e mais. A adoração e a música são ferramentas muito fortes de Deus e sempre serão destaque em tudo que diz respeito ao evangelho e a igreja de Cristo.

BLM - Quais cantores(as) do nosso meio que te influencia?
Diante do Trono, David M Quinlan, Asaf Borba, Ademar de Campos.

BLM - Você é cantor, compositor, pastor e apresentador. Quem é André Valadão fora dos púlpitos e fora dos estúdios? O que gosta de fazer nas horas vagas?
Gosto de correr, brincar com meus filhos e passear...

BLM -  Vamos falar das novidades: o que podemos esperar de novo nos próximos dias? Tem alguma novidade pra gente?
Tem sim... Vem este ano novo CD/DVD entre outras novidades... (ano de 2015)

BLM - Para encerrar, qual é o conselho que você dá aos jovens desse país? Mande um recado para eles.
Meu maior conselho aos jovens é realmente buscarem a Deus intensamente nestes dias.. Viverem tudo que Ele tem pra vocês na fé e dela, da fé fluirão todas as outras realidades da vida.

O Blog Leandro Vitor agradece essa oportunidade ,e, particularmente me sinto honrado pela atenção e por ter reservado um tempinho pra conversar com a gente.

Gostou da entrevista? Deixe seu comentário e compartilhe nas redes sociais!



Comentários

Mais acessados da semana: