Despentecostalizando

30/04/2016 22:59
                              

Um assunto muito polêmico é esse: será que é certo um crente, ou cristão, ouvir música secular? Os mais liberais dizem a ideia de não tem nada a ver. Do outro lado, há os "quadrados", conservadores, que não aceitam essa ideia. Mas, se for pecado, pelo menos podemos ouvir um "funk gospel", ou um "rap gospel", ou "remix gospel", e todo aquela montanha de coisa "gospel"? Será que pode?
 Hoje em dia todo se "revolucionou", como previu a profecia bíblica: a ciência se multiplicou. Hoje, quem conserva os bons valores e costumes é chamado de "quadrado", ou "antiquado". Como tudo mudou, é claro que alguns conceitos da igreja foram afetados. A música foi uma dádiva de Deus pra nós, foi dado para que o homem pudesse adorar a Deus, mas o diabo teve que estragar tudo... Teve que estragar um bem tão precioso... fez com que o homem adorasse a si mesmo, ao dinheiro, à prostituição, traição, etc. E é isso que há nas músicas seculares de hoje. Ao contrário do que muitos pensam: A música secular não é só uma música, é algo que pode controlar e influenciar grandemente a mente de quem houve. O estilo musical sempre está de acordo com o caráter de quem ouve. Quem bebe, sempre ouve música que apoia essa ideia; quem trai, sempre ouve músicas que apoiem essa ideia, e assim por diante. É algo comprovado, que a música influencia quem houve. Tudo que você escuta por vontade própria é feito conforme o que se ouve por sua pré-autorização. A Música secular está tomando o espaço que o pentecostalismo deveria ocupar, é por isso que muitas vezes as pessoas não aguentam ficar no culto até terminar, não conseguem ir às reuniões com frequência, e não consegue viver em santidade...
 O diabo novamente está tentando tirar o louvor da boca dos homens, colocando na mente de cristãos que nada mais é pecado, que tudo tá liberado! Hoje em dia pode tudo, não é verdade? Errado. Deus ainda condena, Deus ainda lança no inferno, Deus é e sempre será Vivo. Se você acha que pode viver de qualquer forma e acha que irá chegar ao céu dessa forma, as notícias para você não são nada boas. O diabo não está nem aí com quem tá no mundo ouvindo música secular, pois ele já conseguiu o que queria: convencê-los de que pode-se tudo e agora está aplicando a mesma técnica nos cristãos. Deixe de abrir a sua boca pra fazer a vontade de satanás, meu querido. Assim como diz o ditado: "De boas intenções o inferno está cheio", então não se deixe levar por música bonitas e emotivas, isso o diabo sabe manipular bem.
–Mas um "rap gospel", pode?
 Acho triste ver uma pessoa simplesmente pegar o que deveria ser do mundo e infiltrá-lo dentro da igreja de uma maneira tão ridícula e descarada. É triste ver a debilidade do ser humano em não conseguir se desapegar, a ponto de "adequar" as coisas santas achando que irá santificar tal coisa. Já ouvi muitas pessoas dizerem que "todos os ritmos musicais foram criados por Deus". (Rs) Imagino Deus no céu com vontade de ouvir um funk gospel... (–Celebrem com funk a mim! Eu sou o PankadÃO VIVO que desceu do céu! rsrs). Por que Deus criaria uma coisa que incitasse à violência e à prostituição? Será que Deus faria isso? Pois o que mais vemos em funks e raps são letras que incitam à fornicação, traição, vemos também incitação ao uso de drogas, violência, bebidas alcoólicas, etc. Mas aí você diz que sente "unção" num rap gospel... Aí que está o perigo. Não devemos confundir unção com emoção! Ao ouvir qualquer música que tenha uma letra rimada e um ritmo dançante, é muito fácil dizer que aquilo é unção. "Mas na música fala de Bíblia também!" O diabo também falou de Bíblia pra Jesus... E onde ele está agora? Ora, a Bíblia diz que o coração do homem é enganador, não podemos deixar que a carne nos engane para que nos afastemos da verdadeira unção de Deus. Porque se achamos que num rap tem a unção necessária pro meu viver e se eu fico só naquilo, estarei fazendo conforme o que o diabo planejou: me enganar, viver sentindo um deus que na verdade está dentro minha cabeça.
Vivemos numa época em que tudo é chato se é relacionado à Deus. Querem despentecostalizar tudo, botando a unção de lado pra dar lugar à emoção e à carne. Despentecostalizar é se enganar com emoções baratas, trocando o que é santo pelo prazer carnal de uma maneira "gospel". O diabo sempre usou coisas santas pra usar contra nós: no jardim ele ofereceu a fruta proibida, no deserto deturpou a própria Palavra de Deus contra Jesus, usou um discípulo pra entregar o Mestre... e hoje quer colocar o mundo dentro da igreja, só que em "gospel”.
 Esse termo tem sido ridicularizado, tudo que é pecado hoje em dia, deixa de ser por ter um "gospel" no final. Ex.: Cerveja é pecado? Vamos fazer uma cerveja gospel! Pornografia é pecado? Vamos fazer um pornô gospel! Rap é pecado? Vamos fazer um rap gospel! Funk é pecado? Vamos fazer um funk gospel! Não é assim que funciona? Porque segundo a sociedade, viver em santidade e ter respeito consigo mesmo é careta! Será que não estamos esquecendo da Palavra que diz: "fuja de toda aparência do mal"? Vamos nos desligar do mundo! Se você quer viver de qualquer maneira e carregar o mundo pra dentro da igreja, vá pro mundo de uma vez! Não traga maldição pra igreja. O mundo sempre foi e sempre será o caminho do inferno, seja o que dele vier "gospel" ou não. Jesus disse que pra entrar no céu tem que nascer de novo! Se você se apegou ao rap, não tente converter o rap também, não traga bagagem maligna nas costas! Muitos não alcançam a libertação por achar que pode tudo! Muitos têm se apegado tanto ao mundo que acham que viver em santidade é uma tortura... O diabo quer justamente que você viva de qualquer jeito dentro da igreja pra ir se acostumando com o mundo de volta, ele quer te deixar em dúvida pra te fazer experimentar o mundo. Não caia nessa.
 Santidade é se consagrar inteiramente à Deus, devemos deixar o mundo para trás e nascer novamente em Cristo, sendo uma nova criatura. Devemos nos afastar de toda a aparência do mal, pois o diabo está ao nosso derredor tentando nos fazer experimentar o mundo e, por fim, cair em suas garras. Vamos deixar de viver como o mundo vive, por nossa causa o nome de Deus é blasfemado.

Postado originalmente no dia 18/04/2014 17:50 Editado.

Comentários

Mais acessados da semana: