Simplesmente, Loucura

08/01/2015 16:25

Desespero, devaneios,
Tudo pra rimar, tudo pra mostrar
Mostrar a real, mostrar nada leal nada ficcional 
Quem sabe rima, quem sabe não
Quem sabe lima, quem sabe mamão
Deixe-me rimar, deixe-me expressar deixe-me repetir deixe-me transmitir 
A minha razão que se chama loucura, 
A minha paixão que com nada se cura
Ser normal não é comigo,
Não como louco eu digo 
Mas a loucura me escolheu, 
Escolhi ser normal mas a loucura venceu.

Chega de rimar, chega de chorar, chega de implorar para que entendam
Algo que não sei, algo que simplesmente pensei.

Comentários

Mais acessados da semana: