História do Blog | Parte 1

(ADAPTAÇÃO DO TEXTO PUBLICADO EM 30/11/2013 19:23, QUANDO O BLOG ATINGIU 10 MIL VISITAS)

Me lembro que em maio desse ano (2013), no mês do meu aniversário, eu estava trabalhando incansávelmente nesse site (o blog primário)... Preparando layout, colocando conteúdo, etc.
Havia tentado várias formas de criar algo que pudesse me ajudar a pregar a Palavra do Nosso Senhor. Tentei blogs, perfis no facebook... Mas tudo deu errado, várias dificuldades técnicas, meu conhecimento sobre informática e internet eram poucos.
Mais confiante do que nunca, tentei essa plataforma de sites aqui (no blog primário, referindo à Webnode), foi muito mais fácil até porque a maioria do site foi criado a partir de um celular velho com internet, pois as outras plataformas não oferecem a mesma facilidade que este aqui (Webnode, na época) com tantos problemas que davam dor de cabeça não puderam superar minha vontade incontrolável de pregar boas novas. Peguei o site do zero, o fundo nada mais era do que uma coisa azul e no topo tinha umas pedras mergulhadas na água... Mudei tudo. Enfim, deixei tudo com a minha cara. Havia falado para o Senhor que se eu não pudesse fazer nada só pra Ele que eu faria pra mim e pra Ele... Já fui muito criticado por pessoas que vieram cobrar de mim dizendo que no meu "blog de evangelização" havia meu nome, (o meu blog foi um dos pioneiros na evangelização "online". Na época quase não existia sites com o mesmo formato que o meu) já fiz vários projetos pra Deus que não tinham nem rastro do meu nome, todos caíram. Esse site não é totalmente de evangelismo, mas mostrar o que eu penso. Não quero de forma alguma evidenciar meu nome, não. Assim como um autor assina seu livro assim também eu faço.
Até hoje estudo maneiras para que você, leitor, se sinta bem aqui. É com muita oração e ação que hoje pude chegar até aqui. É claro que se levantaram pessoas dizendo que eu queria me engrandecer, me preocupo com números porque são eles que nos mostram o quanto o evangelho cresce. Se eu não tivesse meta pra onde eu iria? Onde eu chegaria? É o mesmo que eu andar por uma floresta sem uma bússula. O objetivo desta humilde mensagem é agradecer vocês que sempre estão aqui, me ajudando a cooperar para que o evangelho cresça. À você meu muito obrigado e meu mais sincero pedido: volte sempre! Qualquer visita sua aqui receberei de bom grado e ficarei muito feliz. Devo tudo ao meu Deus que sempre me ajudou, não me arrependo das dores de cabeça, orações, etc. pois o resultado que colho.... Ah... Isso não tem preço. Obrigado por tudo!

Comentários

Mais acessados da semana: